Sobre o Programa

Estudo da interface entre comunicação e consumo

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM (PPGCOM ESPM) teve início em 2006 com o curso de Mestrado acadêmico e teve o curso de Doutorado aprovado em 2012. Tem por objetivo formar professores e pesquisadores de alto nível, com

competência de atuação nacional e internacional, capazes de executar e liderar atividades de pesquisa, orientação e ensino na área de comunicação e de consumo. Seu corpo docente e discente tem produção intelectual reconhecida e o programa é avaliado como nota 5 pela CAPES.

Linhas de Pesquisa

Coordenação

Profa. Dra. Denise Cogo

Comunicação, consumo e contextos de recepção

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da recepção e dos contextos macrossociais. As diversas implicações da comunicação e do consumo no cotidiano, na cultura e na sociedade: recepção e audiências; educação; questões geracionais e de classe; novos sensórios, regimes de visibilidade, estetização e espetáculo; apropriações e ressignificações das tecnicidades; ativismos, processos e ações socioculturais de engajamento característicos das culturas midiáticas e do consumo.

Professores dessa linha:

 

Denise Cogo

http://lattes.cnpq.br/5580285310605978

 

Egle Müller Spinelli

http://lattes.cnpq.br/1376252594990732

 

Luiz Peres Neto

http://lattes.cnpq.br/0366821352393854

 

Marcia Perencin Tondato

http://lattes.cnpq.br/9242834336115520

 

Rose de Melo Rocha

http://lattes.cnpq.br/2514554478091432

Comunicação, consumo e lógicas de produção

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da produção e das estratégias midiáticas. Os sistemas e processos produtivos, considerando suas condições, narrativas e lógicas:  envelhecimento e suas representações; relação entre entretenimento, tecnologias e digitalização da cultura; memórias do consumo, poéticas e narrativas concernentes ao campo da produção, em seus discursos e materialidades; dinâmicas midiáticas biopolíticas e de consumo associadas à construção de narrativas sobre a identidade e a diferença.

Professores dessa linha:

 

Eliza Bachega Casadei

http://lattes.cnpq.br/6547895943001454

 

Gisela Grangeiro da Silva Castro

http://lattes.cnpq.br/3110538732969465

 

João Luiz Anzanello Carrascoza

http://lattes.cnpq.br/6452672613600277

 

Monica Rebecca Ferrari Nunes

http://lattes.cnpq.br/7955592804600185

 

Tânia Márcia Cezar Hoff

http://lattes.cnpq.br/2666577010721422

Diferencial e Abordagem

O diferencial do programa é a temática investigada: é o primeiro e único PPGCOM brasileiro inteiramente dedicado ao estudo da interface entre comunicação e consumo e das relações a ela articuladas. A análise crítica sobre a sociedade de massa e do consumo, sobre as culturas midiáticas e as narrativas do capital, inclui o estudo de teorias clássicas e a discussão de abordagens contemporâneas. É prioridade do PPGCOM a promoção de um ambiente intelectual compromissado com a agenda científica nacional e internacional e com desenvolvimento da sociedade brasileira.

MESTRADO

Disciplinas do Curso

Carga horária de 450 horas

DOUTORADO

Disciplinas do Curso

Carga horária de 750 horas

Grupos de Pesquisa

Através dos grupos de pesquisa, é possível consultar as investigações realizadas pelos professores e alunos do PPGCOM-ESPM sobre Comunicação e Consumo.

Deslocar

Interculturalidade, Cidadania, Comunicação e Consumo

Líder

Denise Cogo

O grupo de pesquisa “Interculturalidade, cidadania, comunicação e consumo”, sediado no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM-SP, desenvolve pesquisas em torno das interfaces entre interculturalidade, cidadania, comunicação e consumo, a partir de duas linhas de abordagem e atuação de seus integrantes: Migrações transnacionais, redes sociomunicacionais e consumo e Mobilidades, relações de gênero, comunicação e consumo.

História, Comunicação e Consumo

Líder

Eliza Casadei

História, Comunicação e Consumo é um grupo de pesquisa cujos membros têm como objeto de estudo comum a pesquisa das relações entre as políticas de visibilidade e os imaginários de consumo através de suas estruturações narrativas, estéticas e retóricas sob uma perspectiva histórica. Assim, o objetivo do presente grupo de pesquisa é esquematizar aspectos de uma história das visualidades do consumo em diferentes produtos midiáticos a partir do mapeamento de elementos estéticos utilizados em cada época histórica. A partir de uma metodologia que combina a análise retórica e narrativa dos elementos de composição (tanto imagéticos quanto textuais) mais comumente utilizados em cada tempo histórico em diferentes produtos midiáticos, bem como a mudança que tais elementos sofreram ao longo do tempo, o objetivo do presente grupo de pesquisa é investigar como certas estilísticas mediaram determinados imaginários de consumo em diferentes períodos, ligados a campos discursivos relacionados a projetos de felicidade, de futuro e de bem viver.

GRUSCCO

Subjetividade, Comunicação e Consumo

Líder

Gisela Castro

Este grupo de pesquisa cadastrado no CNPq e vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da ESPM, São Paulo, iniciou suas atividades em março de 2015. Dentre seus objetivos está a consolidação de parcerias nacionais e internacionais que viabilizem a participação deste grupo junto a editais públicos de fomento à pesquisa. Enquanto se dedicam a leituras e discussões sobre temáticas relacionadas aos diversos modos de imbricação da comunicação e do consumo na produção de subjetividades no contemporâneo, seus pesquisadores promovem reflexões que visam constituir o arcabouço teórico-conceitual que alicerça seus projetos individuais de pesquisa – nos quais se incluem três doutorados, quatro mestrados e um projeto final de Graduação em andamento – bem como outras produções elaboradas conjuntamente em caráter colaborativo.

Comunicação, Consumo e Arte

Líder

João Carrascoza

Nas últimas décadas, a concepção de consumo – para muitos apenas um ato de aquisição de mercadorias – se ampliou a partir das reflexões de estudiosos de distintas áreas, como antropólogos (Canclini, McCracken, Douglas e Isherwood), sociólogos (Slater, Silverstone, Bourdieu) e teóricos culturais (Williams, Hall), além de pesquisadores de comunicação, entre outros.

GPECC

Ética, Comunicação e Consumo

Líder

Luiz Peres-Neto

Somos um grupo de pesquisa das ciências da comunicação vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM (SP).

O GPECC visa o estudo de questões éticas que permeiam o fenômeno do consumo a partir do campo da comunicação. Estruturado a partir de uma perspectiva multidisciplinar, este grupo de pesquisa pretende problematizar as questões éticas em suas vertentes teleológicas, deontológicas e da alteridade presentes nas  práticas de consumo.

Assume-se que o campo da comunicação oferece um locus privilegiado para tal estudo uma vez que os processos e meios de comunicação são parte indissociável da contemporaneidade.

Comunicação,Educação e Consumo: As Interfaces na Teleficção

Líder

Maria Aparecida Baccega

Este grupo objetiva tratar da incorporação das reflexões sobre comunicação/consumo às conquistas teórico-práticas do campo comunicação/educação.

CICO

Comunicação, Consumo e Identidades Socioculturais

Líder

Marcia Perencin Tondato

Os estudos desenvolvidos no GP Comunicação, consumo e identidades socioculturais – CiCO partem da reflexão sobre a intersecção comunicação-consumo pensada no contexto da constituição das identidades no âmbito da interação social no ambiente urbano e relações com o universo midiático. O interesse é buscar respostas a partir da cultura com ênfase no simbólico e no imaginário socioculturais. Avaliar a significação das ações, objetos e expressões em relação a contextos e processos historicamente específicos e socialmente estruturados dentro dos quais, e por meio dos quais, são produzidas, transmitidas e recebidas as formas simbólicas, fundamentando as descobertas na relação com a vida na metrópole da modernidade tardia, onde a velocidade, a fragmentação e a (in)visibilidade são a tônica. Em contextos em que o trabalhador é transformado em consumidor de necessidades básicas, de novas mercadorias e de ideias-mercadorias, para oque os meios de comunicação têm cada vez mais função primordial, em cenários caraterizados pelo uso dos bens de consumo na especificação das relações sociais, exigindo que o consumo seja trabalhado além dos limites das práticas comerciais, ampliado para dimensões de inserção cidadã e diferenciação social.

Juvenália

Culturas Juvenis: Comunicação, Política e Consumo

Líder

Rose de Melo Rocha

O Grupo, recém-constituído (março de 2015), objetiva elaborar, em médio prazo, projeto temático coletivo, capaz de agregar as diferentes competências e áreas de atuação de seus vários integrantes e nos colocar em condição de competir junto a editais públicos de fomento à pesquisa. Atualmente, seus pesquisadores desenvolvem os seguintes projetos individuais: uma bolsa produtividade em pesquisa do CNPq, dois pós-doutorados (Fapesp e Capes), dois doutorados (Prosup) e um mestrado (Prosup) em andamento.

MNEMON

Memória, Comunicação e Consumo

Líder

Mônica Rebeca Nunes

A cada conquista técnica, a memória se expandiu para além do corpo humano esgarçando os frágeis limites entre natureza e cultura. A passagem da memória oral às memórias geradas pelas produções escritas, impressas, audiovisuais e digitais instaurou modos específicos de registrar, codificar, conservar, lembrar, transmitir e produzir memórias, demonstrando seu caráter processual e comunicativo.

Comunicação, Discursos e Biopolíticas do Consumo

Líder

Tânia Hoff

O Grupo “Comunicação, discursos e biopolíticas do consumo”, certificado pelo CNPq no início de 2015, coordenado pela Profa. Dra. Tânia Hoff, é composto por: um bacharel, quatro mestrandos (três bolsas CAPES Taxa e uma Institucional), dois mestres, três doutorandos (duas bolsas CAPES Integral e uma Institucional) e dois pós-doutorandos.

Projetos

Os professores do PPGCOM-ESPM desenvolvem diversos projetos pesquisas, cujos principais estão listados abaixo:

Comunicação, consumo e cidadania das migrações transnacionais: ativismos e usos da internet por haitianos e haitianas no Brasil


responsável Profa. Dra. Denise Cogo

Circulação e consumo de dados e informações nas ambiências digitais


responsável Profa. Egle Müller Spinelli

Mídia, consumo e envelhecimento na contemporaneidade – parte 3 – os velhos na publicidade


responsável Profa. Dra. Gisela Grangeiro da Silva Castro

O consumo e o ensino da publicidade por meio de obras literárias


responsável Prof. Dr. João Luís Anzanello Carrascoza

Questões éticas das políticas de privacidade digital: liberdade de expressão e práticas de vigilância analisadas a partir do campo da comunicação e do consumo


responsável Prof. Dr. Luiz Peres Neto

O real imaginado e o real construído: relações dialógicas entre mundos diegéticos da ficção seriada televisiva e processos de recepção da supersérie ‘Onde nascem os fortes’


responsável Profa. Dra. Marcia Perencin Tondato

Representações de cotidiano e sentidos de educação e consumo: um estudo da narrativa e da recepção de uma produção de teleficção brasileira


responsável Profa. Dra. Maria Aparecida Baccega

Teatralidade steampunk e processos explosivos: produção de memórias, consumos e textos culturais midiáticos


responsável Profa. Dra. Mônica Rebecca Ferrari Nunes

Artivismo musical de gêneroem São Paulo: dinâmicas de comunicação, contextos de consumo, políticas de apresentação e audiovisibilidade em um pop encarnado e translocal


responsável Profa. Dra. Rose de Melo Rocha

Convocações midiáticas para a gestão do corpo: da biopolítica às biossociabilidades do consumo


Tania Marcia Cezar Hoff

Para informações sobre outras pesquisas desenvolvidas pelo corpo docente, consulte o currículo Lattes dos professores.

OUTRAS AÇÕES

Cátedras

Mídias de Imigrantes de São Paulo

Revista Comunicação, Mídia e Consumo

Cooperação Nacional e Internacional

Memorial do Consumo

Translate