Por saias e causas justas
Home Dissertações

Por saias e causas justas

Por saias e causas justas : Feminismo, comunicação e consumo na Marcha das Vadias

Beatriz Beraldo Batista

Orientador(a): Profa. Dra. Rose de Melo Rocha

Esta dissertação, inserida no debate que articula feminismo, sociedade do consumo e pauta midiática, analisa contextos e ações comunicacionais que confrontam representações hegemônicas da mulher e da feminilidade na contemporaneidade. Para tanto, delimitou-se como objeto de análise a chamada “Marcha das Vadias”. Entendeuse que este objeto traduz uma nova configuração do feminismo, além de compartilhar de gramática comum a outros movimentos políticos da atual cena juvenil, percebendo estas juventudes como expressões do espírito do tempo e como potenciais catalisadoras de mudanças comportamentais. A pesquisa, de base multimetodológica, contempla estudo bibliográfico, documental e empírico. Como principais aportes teóricos contamos com Edgar Morin, Everardo Rocha, Norval Baitello, Rose de Melo Rocha, dentre tantos outros teóricos que contribuem para pensar a interface comunicação, cenas midiáticas e práticas de consumo. A análise se vale de dois corpora, previamente selecionados: i) um de caráter etnográfico, que corresponde ao material coletado por meio de pesquisa de campo; ii) e outro iconográfico, que compreende as fotografias, postagens e
manifestos divulgados online (lista de e-mails/ blog/ Facebook), principais elementos que compõem a imagem pública das ativistas. Articulando as etapas, propomos uma reflexão sobre as concepções e representações da mulher e do feminismo mobilizados pela Marcha das Vadias – SP. A partir desta reflexão, lançamos algumas hipóteses sobre a conexão entre tais experiências e o cenário global de práticas feministas na contemporaneidade, fortemente demarcada pela união entre as culturas do consumo e o universo midiático

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *