O impacto das redes e do ambiente institucional no processo de internacionalização dos periódicos científicos
Home Dissertações

O impacto das redes e do ambiente institucional no processo de internacionalização dos periódicos científicos

O impacto das redes e do ambiente institucional no processo de internacionalização dos periódicos científicos

Jackeline Ferreira da Encarnação

Orientador(a): Felipe Mendes Borini

Este estudo tem como objetivo geral entender como o ambiente institucional e as redes influenciam a internacionalização dos periódicos científicos. O pressuposto defendido nessa dissertação é que uma revista que tem forte inserção na rede em conjunto com uma alta percepção de pressão do ambiente institucional é uma revista mais propensa a se internacionalizar. A fundamentação teórica está embasada na teoria de redes, e no institucionalismo. Por meio de uma metodologia de pesquisa qualitativa, buscou-se entender qual é a inserção da revista na rede e qual é a compreensão que o editor tem em relação ao ambiente institucional e como esse entendimento conduz ao processo de  internacionalização. Percebe-se como resultado a baixa inserção no contexto de redes, salvo aquelas revistas que já tenham iniciado seu processo de internacionalização, em relação ambiente institucional, observou-se como alta a percepção dos editores, independente do estágio de internacionalização da revista.