Influência do atributo de sinal na disposição a pagar pela carne bovina produzida a pasto
Home Dissertações

Influência do atributo de sinal na disposição a pagar pela carne bovina produzida a pasto

Influência do atributo de sinal na disposição a pagar pela carne bovina produzida a pasto

Juliana Chili

Orientador(a): Eduardo Eugênio Spers

Atributos de sinal trazem sugestões para demais atributos enquanto os atributos independentes não. Este trabalho teve como objetivo identificar o impacto marginal de introduzir um atributo de sinal de uma carne produzida a pasto na disposição a pagar (WTP) dos consumidores pelos demais atributos independentes. As hipóteses do estudo são que a WTP pelo atributo “Bemestar animal Garantido” é maior do que os demais atributos em um mesmo bife, a WTP do atributo de sinal diminui quando atributos independentes são adicionados e a WTP pelo atributo maciez é maior do que pelo atributo de sinal. A pesquisa está dividida em três etapas. A primeira, qualitativa, consistiu na investigação  dos valores que os consumidores possuem em relação à produção de carne bovina. Para tanto, foram realizadas 52 entrevistas com consumidores brasileiros e estadunidenses e foi utilizado o laddering. A segunda etapa, também qualitativa e de caráter exploratório, contemplou entrevistas em profundidade com dois especialistas de carne. Na terceira etapa, quantitativa, foram realizados seis experimentos, presenciais e online, com 267 consumidores de carne bovina. Como resultados, o principal valor encontrado para os brasileiros foi de segurança, enquanto para os estadunidenses foi o auto direcionamento. Para os especialista, a carne bovina produzida a pasto poderia ser um diferencial para nichos de mercado. Para os consumidores, a disposição a pagar por bem-estar animal foi a mais importante nos experimentos de escolha onde esta informação estava presente. Conforme atributos foram apresentados, a WTP pelos atributos mais importantes diminui. E os consumidores estão dispostos a pagar mais por maciez do que por bem-estar animal. As três hipóteses foram validadas. Oportunidades de novas pesquisas e implicações teóricas e gerencias são apresentadas.