Identificação dos fatores influenciadores na escolha estratégica de entrada das multinacionais brasileira no exterior
Home Dissertações

Identificação dos fatores influenciadores na escolha estratégica de entrada das multinacionais brasileira no exterior

Identificação dos fatores influenciadores na escolha estratégica de entrada das multinacionais brasileira no exterior

Gabriel Vouga Chueke

Orientador(a): Felipe Mendes Borini

O objetivo desta dissertação consiste em identificar os fatores que influenciam na escolha dos establishment mode choice – escolha entre ingressar no exterior por meio de aquisições e investimentos greenfield. Para o alcance deste objetivo foi elaborado um modelo analítico multinível, que buscou identificar a influência dos fatores associados à firma, à indústria e ao país-anfitrião nesse processo de escolha estratégica. A elaboração do modelo analítico teve  como base a adoção de conceitos pertencentes à Teoria dos Custos de Transação e à Teoria Institucional. Como metodologia de pesquisa adotou-se a abordagem quantitativa-descritiva, de caráter exploratório. Os dados do estudo foram coletados através de diversas fontes secundárias e analisados através da técnica estatística multivariada de regressão binomial logística. A amostra do estudo foi composta por 129 subsidiárias de empresas brasileiras presentes em 30 países. Os resultados da investigação indicam que as instituições formais e informais poderiam estar relacionadas, de diferentes formas, com o modo de entrada escolhido pelas multinacionais brasileiras. Além disso, sugerem que existiria uma possível associação entre a entrada por meio de aquisição e os fatores relacionados à firma e às instituições formais. E, que os investimentos greenfield estariam associados às instituições informais e ao setor de atuação da firma.