How far is world champion from world class?
Home Dissertações

How far is world champion from world class?

How far is world champion from world class? Effects of Institutional and Strategic Networks in a NPSO Internationalization

Ivan Rodrigo Rizzo Dias

Orientador(a): George Rossi

Entidades esportivas tais quais clubes, federações, ONGs (Organizações Não Governamentais) e outras formas de organizações esportivas não lucrativas se tornaram organizações de interesse público mundial e não podem mais ser consideradas como fenômenos meramente locais, sendo reconhecidas tanto em mercados tradicionais (como Europa) ou mercados emergentes como Brasil, China e Índia e novas praças para o futebol como a América do Norte. Entre tanto, a grande disparidade entre clubes que pertencem aos principais mercados do futebol (chamados de “Big Five – Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália) representa um potencial de distanciar-se de equipes de outras ligas que pode afetar a capacidade de estes outros times investir além de seus mercados originais. O objetivo esta pesquisa é identificar os principais fatores para a internacionalização de uma equipe de futebol brasileira, por meio da abordagem teórica de redes estratégicas e visão institucional e identificar a dinâmica entre estes fatores, por meio da proposição de um modelo conceitual que descreve o desempenho de Organizações Esportivas Não Lucrativas. A revisão da literatura revela que os laços e conexões que permitem acesso a recursos inimitáveis, corridas de aprendizado e tornar se líder ou estar em posição estratégica em determinada rede estratégica são os principais fatores para a formação de uma rede visando a internacionalização de determinada entidade esportiva. Para atingir este objetivo, esta pesquisa foi realizada por meio de uma pesquisa exploratória qualitativa em estudo de caso único, utilizando a organização Sport Club Corinthians Paulista como objeto, com dados coletados via entrevistas semi estruturadas com 15 (quinze) atores-chave da organização (entre gestores e ex-gestores, jornalistas e parceiros de negócio). Os principais achados da pesquisa e o modelo proposto ao final desta pesquisa consideram a capacidade de aquisição de recursos de terceiros e as capacidades organizacionais internas como vetores do desempenho superior, além do tamanho da organização, sua imagem ou reputação além de fatores institucionais são fatores relevantes para a internacionalização de uma organização esportiva em redes estratégicas. Como contribuição teórica, organizações com marcas ou imagem superiores à média são fatores relevantes para a criação ou entrada em uma rede estratégica. Em relação à contribuição gerencial, destaca-se uma sequência de fatores que viabilizam a internacionalização de uma organização esportiva que visa audiência global.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *