Consumo de publicidade
Home Dissertações

Consumo de publicidade

Consumo de publicidade: corpo, vestiário e atitude na construção do imaginário de marcos de moda feminina

Ana Puglia Durque Estrada

Orientador(a): Tania Hoff

Nesta pesquisa, temos como problema a ser investigado o impacto das comunicações de moda na sua recepção. Pretendemos compreender se a recepção (pessoas que trabalham com moda) identifica diferenças entre as marcas de moda e os imaginários a elas atribuídos pela mídia impressa (revista) e, como questão secundária, identificaremos o(s) imaginário(s) de corpo da moda presente(s) nas revistas analisadas. Embora a mídia impressa seja utilizada, na maioria das vezes, como mídia de sustentação, sua escolha deu-se porque ela é a fonte de informação de moda mais tradicional para pessoas interessadas em Moda. A escolha pela revista Vogue foi realizada em algumas etapas: pesquisa exploratória com profissionais de Marketing e Comercial, de marcas nacionais de moda; levantamento a partir do qual constatou-se que aproximadamente 70% das marcas de vestuário feminino que  anunciaram na revista Elle em setembro de 2008, também estavam presentes na revista Vogue e 50% dos presentes na revista Estilo; o fato da Vogue ser considerada no mundo todo, um local privilegiado para os lançamentos de campanhas publicitárias e comportamento. Temos como hipóteses que a repetição de modelos visuais e conceituais pelas marcas dificulta a diferenciação dos mundos imaginários de cada uma delas; e que somente as marcas capazes de um investimento de marketing integrado, utilizando-se, também, de outras formas de comunicação, alcançam uma construção de imagem de marca. Trata-se de um projeto ancorado em um quadro teórico-conceitual dividido em dois grupos de interesse: consumo e mídia, e corpo e moda. Para desenvolvê-lo, apoiamo-nos numa metodologia de natureza qualitativa e utilizaremos pesquisa bibliográfica, documental e empírica. A pesquisa bibliográfica terá como objetivo fundamentar as discussões a respeito dasrelações consumo, mídia, corpo e Moda, na tentativa de compreender como estes se inter-relacionam na sociedade  contemporânea. A documental, cujo corpus é formado por anúncios publicados na revista Vogue Brasil, nos meses de abril e setembro, de 2000 a 2009, permitirá identificar e analisar as representações de corpo e marcas nos anúncios  de moda, através da metodologia da Análise de Discurso da escola francesa. E, por fim, a empírica (de recepção), em que faremos uso de técnica qualitativa, através de entrevistas em profundidade semi-estruturadas com um único respondente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *