Atitudes dos consumidores sobre o JEANSWEAR
Home Dissertações

Atitudes dos consumidores sobre o JEANSWEAR

Atitudes dos consumidores sobre o JEANSWEAR. Diferenças entre a Geração Z e os Baby boomers

Onnara Custodio Gomes

Orientador(a): Vivian Iara Strehlau

Atitude é um constructo composto pelos elementos cognitivos, afetivos e conativos, onde os indivíduos desenvolvem uma resposta avaliativa, favorável ou não, em relação a um produto. O objetivo desta pesquisa foi avaliar as diferenças das atitudes dos consumidores da Geração Z, em relação aos Baby boomers, no que se refere ao jeanswear. Tratou-se de uma pesquisa survey, descritiva, com delineamento transversal, abordagem quantitativa, desenvolvida na internet, com amostra não probabilística e por conveniência. Para a coleta dos dados utilizou-se como instrumento um questionário online. A amostra válida da pesquisa foi de 373 respondentes, sendo 230 da Geração Z e 143 da geração Baby boomers. A partir dos resultados, verificou-se que o maior número de participantes da pesquisa foi da Geração Z, com predominância do gênero feminino em ambas as gerações; 40% da Geração Z e apenas 19,6% dos Baby boomers já participaram em pesquisa de moda e 95,7% da Geração Z e 96,5% dos Baby boomers nunca participaram de pesquisa sobre jeanswear; ambas as gerações consomem peças jeans eventualmente; a Geração Z é detentora de maior número de peças jeans; nos Baby boomers, os Elementos Cognitivos se manifestam com maior expressividade do que para a Geração Z e nestes os Elementos Afetivos se manifestam com maior intensidade do que para os Baby boomers e o Elemento Conativo se manifesta de maneira menos expressiva do que os outros elementos para ambas as gerações; houve uma influência significativa e positiva dos Elementos Afetivos e dos Conativos com o constructo Atitudes em relação ao consumo de moda, mas não houve uma influência significativa e positiva dos Elementos Cognitivos com as Atitudes em relação ao consumo de moda. Os resultados apontam para a justificada e até esperada incompatibilidade de opiniões, convicções, contexto e realidade entre as gerações aqui analisadas quanto ao jeanswear. Acredita-se que a realização desta pesquisa possa contribuir da melhor forma para a ampliação do conhecimento na área de moda, especificamente sobre o segmento de jeanswear, bem como constituir um referencial e direcionamento para nortear futuras pesquisas acadêmicas e decisões estratégicas nas empresas. Uma limitação do estudo foi o número restrito de participantes, pois foram analisadas duas gerações. Recomenda-se o aprofundamento da pesquisa concentrando os estudos por região brasileira, entre outros países e com outras gerações, como a X e a Y.