As (I)materialidades do consumo
Home Dissertações

As (I)materialidades do consumo

As (I)materialidades do consumo - Um estudo sobre as estratégias discursivas da marca Apple na sociedade de consumo

Ellen KIss

Orientador(a): João Anzanello Carrascoza

A presente dissertação propõe uma investigação sobre a produção de sentido das marcas publicitárias, por meio do discurso midiático e suas respectivas estratégias de comunicação no contexto da imaterialidade, em que o valor simbólico, estético ou social dos produtos prevalece sobre o seu valor de uso prático. O estudo tem como objetivo compreender a trajetória dos significados incorporados à sociedade pelas marcas por meio de seus discursos e identificar em que momento histórico houve a ruptura entre o objeto real, material e sua construção imaterial. A marca Apple foi escolhida como corpus, uma vez que passou por um processo de transição identitária de material para imaterial, englobando as suas estratégias discursivas propagadas em mídia impressa no período de 1970 a 2010. A metodologia aplicada foi levantamento de referencial teórico para o entendimento dos aspectos a serem discutidos no estudo: consumo, discurso publicitário, imaterialidade, marca e design. Na sequência, foi realizada a seleção do corpus a ser analisado, cuja fundamentação analítica baseou-se em dois movimentos – Construções Retóricas de Carrascoza e Mapeamento Semiótico de Semprini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *