A captação de recursos à pesquisa e ao stricto sensu no estado de São Paulo
Home Dissertações

A captação de recursos à pesquisa e ao stricto sensu no estado de São Paulo

A captação de recursos à pesquisa e ao stricto sensu no estado de São Paulo: Um estudo de caso múltiplo

Mari Mitsuru Nishimura

Orientador(a): Thelma Valeria Rocha

Esse estudo se propõe a identificar estratégias competitivas e formatos de captação de recursos para investimentos na área de pesquisa e pós-graduação stricto sensu e a analisar como o relacionamento com os stakeholders contribui para desenvolver uma gestão universitária eficiente, a partir de uma pesquisa bibliográfica e um estudo de caso múltiplo. A revisão teórica envolve: 1) os conceitos e as formas, as estratégias e a sustentabilidade da captação de  recursos em instituições brasileiras e estrangeiras; 2) o marketing de relacionamento com seus conceitos e como estratégia nas IES envolvendo também a gestão dos stakeholders. A pesquisa empírica, de natureza qualitativa com o método estudo de caso múltiplo, foi desenvolvida em três unidades investigativas (A, B e C) que possuem escritórios de apoio institucional ao pesquisador ou similar para fomentar a pesquisa. Os resultados desta pesquisa apontam que cada unidade investigativa possui as suas práticas de captação de recursos, sendo que a unidade A se destacou, uma vez que conta com um escritório bem estruturado, com equipe qualificada e serviços diferenciados aos pesquisadores. Notou-se que a relevância do EAIP não está restrita aos aspectos operacionais mas reside principalmente no aspecto estratégico. Como contribuições, esse estudo realizou uma análise comparativa dos resultados das estratégias de captação e do relacionamento com os stakeholders, a partir da atuação de escritórios de apoio à pesquisa.